sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Transplante salva esperancense


O esperancense Romoaldo Guimarães Batista foi salvo por um gesto de amor: paciente renal crônico, Romoaldo teve o seu Transplante de Rins realizado no dia 30 de março de 2011, no Hospital Antônio Targino, do qual se recuperou muito bem, e hoje leva uma vida tranquila junto aos familiares, inclusive já realiza, aos poucos, suas atividades profissionais.
            Num gesto humano de amor ao próximo, Romoaldo agora luta pela salvação de outros pacientes que esperam na fila de transplante por um gesto de solidariedade também, incentivando através da campanha DOE ÓRGÃOS: ESPERANÇA DE VIDA!  que as pessoas se conscientizem da importância de doar órgãos.
            Doar órgãos é um ato de amor e solidariedade. Quando um transplante é bem sucedido, uma vida é salva e com ele resgate-se também a saúde física e psicológica de toda a família envolvida com o paciente transplantado.
            Assim como a campanha de doação de órgãos que ROMOALDO lidera, muitas outras ONGs espalhadas pelo território nacional se propõem a incentivar a doação e levar a informação correta à população sobre Transplantes de Órgãos. Através da informação poderemos alterar esses dados. Quanto mais a população se conscientizar da importância de se tornar um doador, menor será a angustiante fila de espera por órgãos.
            A doação de órgãos no Brasil é regulamentada por lei desde 1997. Para se tornar um doador, é necessário conversar com a família e deixar claro esse desejo. Não é preciso deixar nada por escrito, apenas os familiares devem se comprometer a autorizar a doação por escrito após a morte.
 Essa doação de órgãos só é feita após a constatação de morte encefálica e se uma ou mais partes do corpo (órgãos ou tecidos) estiverem em condições de serem aproveitadas para transplantes.
            Para Romoaldo o transplante significou: “nascer para uma nova vida, portanto, espero que a minha felicidade se estenda a todos que precisam de uma doação de órgãos, que Deus ilumine o caminho de todos e uma esperança de vida nova”.

________

Marilda Coelho da Silva (Professora / Historiadora e Especialista em Educação Profissional de Jovens e Adultos – PROEJA / Graduanda em Filosofia / Coordenadora de Ciências Humanas e suas Tecnologias na cidade de Esperança / Mestranda em História pela UFCG).
           

3 comentários:

  1. Doar órgãos é um ato de amor. De solidariedade. Um ato que pode salvar muitas vidas. E, acredite: tem muita gente que não vive sem você.
    No último ano o número de doadores cresceu 14% em relação a 2009 e registramos no Brasil a maior taxa de doação de órgãos da história no país. Mas ainda tem muita gente que não se dispõe a doar.
    Se tornar doador de órgãos é simples: não precisa assinar nenhum documento, basta avisar a família. Com seus familiares cientes, fica tudo certo.
    Seja um Parceiro da Saúde: utilize o espaço do seu blog e divulgue informações. Entre em contato conosco pelo email comunicacao@saude.gov.br, conheça o Blog da Saúde - www.blog.saude.gov.br – e saiba mais. Ou acesse: http://www.blogsaude.net/parceiro-digital-i-doacao-de-orgaos/
    Para acessar o material da campanha de doação de órgãos, clique: http://on.fb.me/oyKiYj
    Siga-nos no Twitter: www.twitter.com/doeorgaos_MS
    Atenciosamente,
    Ministério da Saúde

    ResponderExcluir
  2. Parabéns Romoaldo pela iniciativa em favor da vida. Com certeza, muitas vidas serão renascidas com essa campanha de sensibilização. Deus te de muita luz nessa luta...

    ResponderExcluir
  3. Facebook anuncia opção de doação de órgãos no perfil da rede social: http://www.naninho.blog.br/saude/transplantes/facebook-anuncia-opcao-doacao-orgaos-perfil-rede-social.html

    ResponderExcluir